Serenidade

“Quando você se assentar para uma refeição com alguma autoridade, observe com atenção quem está diante de você, e encoste a faca à sua própria garganta se estiver com grande apetite”. (Provérbios 23:1-2). Essa passagem bíblica aborda o cuidado que devemos ter diante de oportunidades, especialmente daquelas com as quais não estamos acostumados. Podemos ser traídos pelo nosso apetite, pelo nosso grande interesse. Não deixe a paixão ou o impulso guiar você – falar, comer etc. Coloque a faca à garganta, ou seja, estabeleça um limite, acenda sua luz amarela de advertência.

A Bíblia prossegue: “Não te fatigues para seres rico” (23.4). Se o texto anterior nos ensinou que não devemos querer exageradamente, este nos orienta a não fazermos esforço desproporcional, a não exagerarmos na busca das coisas que são passageiras. Há uma falta de sabedoria nisso, porque não aproveitamos o valor do tempo e, muitas vezes, não damos espaço para Deus agir.


O livro de Provérbios nos sugere a serenidade: “Não é bom agir sem refletir; e o que se apressa com seus pés erra o caminho.” (19.2) “Os planos do diligente conduzem à abundância; mas todo precipitado apressa-se para a penúria.” (21.5).
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s