Vida que entorna – Salmo 9

Todos esbarramos de leve na gratidão, mas quantos experimentamos, repetidas vezes, aquela gratidão intensa, que nos assalta e se torna um marco em nossa memória?  O salmista diz: “de todo o meu coração, eu te darei graças”.

Nesses momentos, o coração quer romper a rotina terrena e falar das coisas do alto: “Contarei todas as tuas maravilhas”.

Desprezar as alegrias rasas, da bebida forte e das noitadas, por exemplo, e nem mesmo se contentar com outras, mais apuradas, como o prazer da família reunida, de uma boa noite de sono ou de se ouvir uma boa música. Alguns vão além e experimentam o que a Bíblia chama de alegria no Espírito: “Em ti me alegrarei e saltarei de prazer”.

Por fim, adoramos, a maior experiência humana. “Tocar” um Deus infinito, com louvores, reverência, orações e abraços fraternos ao seu povo: “Cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo”.

Porque Ele disse “Eu vim para que tenham vida abundante”, nossa alma canta: “Eu quero mais e mais de Cristo”.

Anúncios